junta de freguesia da
glória do ribatejo
e granho
unidos para
o servir melhor!
atendimento
Sr. Presidente
Glória do Ribatejo
Todos os dias - por marcação prévia
Granho
Todos os dias - por marcação prévia
Reuniões de Executivo
Glória do Ribatejo
Na 1ª Segunda-feira de cada mês às 21h
Granho
Na 3ª Segunda-feira de cada mês às 21h
newsletter
Receba no seu email todas as informações úteis desta união.
Li a informação sobre a proteção de dados e aceito o processamento e uso dos meus dados pessoais para os fins mencionados.
dê a sua opinião
Preencha o formulário e envie-nos a sua opinião >

Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

 
 
Informamos que estão abertas as candidaturas às entidades promotoras para a apresentação de projetos para o Programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas», que promove práticas no âmbito da proteção da natureza, florestas e respetivos ecossistemas, através da sensibilização das populações em geral e da preservação contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental, da monitorização e recuperação de territórios afetados.

 

Objetivos

- Inventariação e monitorização de espécies animais e vegetais em risco;

- Inventariação, sinalização e manutenção de caminhos florestais e acessos a pontos de água;

- Recuperação de caminhos de pé-posto;

- Limpeza e manutenção de parques de lazer;

- Vigilância móvel, a pé ou em bicicleta, nas áreas definidas pelas entidades locais de coordenação;

- Vigilância fixa nos postos de vigia;

- Inventariação de áreas necessitadas de limpeza;

- Apoio logístico aos centros de recuperação de animais selvagens;

- Apoio logístico aos centros de prevenção e deteção de incêndios florestais;

- Inventariação e monitorização de áreas florestais ardidas;

- Atividades de reflorestação;

- Atividades de controlo de espécies invasoras;

- Outras atividades integradas nas áreas de intervenção do programa.

 

Destinatários/as

- Residentes em Portugal com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos, inclusive;

- Condições de idoneidade para o exercício do voluntariado para a natureza e florestas.

 

Entidades

- Constantes do Registo Nacional das Organizações Não Governamentais de Ambiente e Equiparadas;

- Entidades constantes do Registo das Organizações de Produtores Florestais;

- Associações de jovens inscritas no Registo Nacional do Associativismo Jovem;

- Câmaras municipais;

- Juntas de freguesia;

- Outras entidades que prossigam objetivos abrangidos pela área de intervenção deste programa, mediante despacho do Conselho Diretivo do IPDJ.

 

Candidaturas

As candidaturas decorrem, anualmente, entre abril e novembro.

- As entidades promotoras podem submeter candidaturas na Plataforma com o mínimo de 20 dias de antecedência face à data de início de cada projeto;

- Os projetos têm duração mínima de 15 dias;

- As atividades diárias, em cada projeto, não podem ultrapassar as 5 horas. O horário diário das atividades decorre entre as 8 horas e as 21 horas, entre abril e outubro, inclusive, e entre as 9 e as 18 horas, nos restantes meses;

- As atividades podem decorrer todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados;

- As inscrições dos/as jovens realizam-se até cinco dias antes do início do projeto na Plataforma;

- A participação de cada voluntário/a tem uma duração máxima de 15 dias, salvo quando a não existência de inscrições colocar em risco a continuidade do projeto;

- O valor de ressarcimento transferido para as entidades pelo IPDJ, tem de ser pago pelas mesmas aos/às voluntários/as que desenvolverem as atividades.

 

Competência das entidades promotoras

- Divulgar as atividades;

- Selecionar os/as voluntários/as;

- Ministrar a formação específica aos/as voluntários/as;

- Coordenar as tarefas dos/as voluntários/as e assiduidade;

- Ressarcir os/as voluntários/as das suas despesas;

- Apresentar o relatório final até 20 dias úteis após termino da atividade;

- Apresentar as atividades num evento público promovido pelo IPDJ.

 

Projetos ativos disponíveis aqui.

 

Requisitos

- Relevância do projeto para a sustentabilidade dos recursos naturais locais;

- Número mínimo de voluntários/as considerado necessário para a realização de atividades, nos termos da planificação que é apresentada pela entidade candidata;

- Condições de articulação e entendimento entre as várias entidades relacionadas com a execução do projeto a nível local;

- Meios técnicos e logísticos necessários para a execução de cada projeto, nomeadamente, meios que permitam o cumprimento da alínea c) do artigo 15.º do regulamento.

- No início das atividades, as entidades promotoras devem informar todas as autoridades locais, nomeadamente os Serviços da Proteção Civil, da localização dos voluntários/as. Se, no decurso das atividades, existirem alterações na localização, também devem ser comunicadas.

 

Para mais informações deste Programa, consulta AQUI o novo Portal do IPDJ.

 
 
   



 
 

 

 <voltar

 

notícias
Passeio de Barco
Tens entre 6 e 14 anos? Queres fazer um passeio de barco pelo Rio Tejo?
saber mais >
11º Edital da Assembleia de Freguesia
saber mais >
OTL Verão Dream Dancing
Divulgação do cartaz
saber mais >
agenda d’eventos
inquérito
Como classifica o atendimento da união de juntas de freguesia da Glória e Granho?
Muito Bom
Bom
Podia ser melhor
Mau
União Juntas de Freguesia da Glória do Ribatejo e Granho © Todos os direitos reservados | Política de Privacidade Site by omsite.com